Benefícios da Natação Para Bebês

unnamed

 

Você sabia que além de ser super divertido para o bebê, natação nos primeiros meses de vida pode ajudar no sistema respiratório, auxiliar no desenvolvimento motor e no equilíbrio do pequeno?
 
Estudos recentes comprovam a eficácia no esporte, em questão de desenvolvimento motor a medida que os bebês crescem. A indicação é de que o bebê comece a praticar o esporte ao completar seis meses de vida! 
 
O ideal é que a pratica comece aos seis meses de vida, quando o bebê já possuí uma certa imunidade e não é tão frágil. Nessa fase também, o conduto auditivo (parte do ouvido), que até então era reto, forma uma curvatura, dificultando a entrada da água e reduzindo as chances de infecção. Outro motivo para aguardar é que o bebê já vai estar imunizado contra alguns agentes e terá mais postura.
 
Um dica bem legal é procurar escolas que tenham aulas especializadas para bebês, assim além de profissionais capacitados, a piscina terá menos cloro e a água será em temperatura própria para os pequenos!
 
O bebê já é adaptado ao meio líquido desde a gestação, são capazes de executar diversos movimentos natatórios, demostrando uma série de reflexos, comuns na primeira infância. Tudo através de estímulos estereoceptivos, ou seja, atividades que busquem facilitar o desenvolvimento dos órgãos sensoriais das crianças, como o tato, a audição, o olfato, e a visão. O ideal é que a musicalidade também faça parte das aulas, pois estimulam a memória e aumenta o vocabulário significativamente.
 

A natação para bebês faz parte fundamental de estudos da psicomotricidade e através do seu conceito que faz-se todo o planejamento.

Normalmente as aulas de natação são ministradas junto com os pais na piscina até os 03 anos de idade, para que as crianças tenham condições de aprender com segurança, transformando o medo do desconhecido em um ambiente alegre e prazeroso.

Gostaram?

Beijos, 

Karine Alves